Política

Alcolumbre baixa ato para farra de planos de saúde de privilegiados

Publicado em
Alcolumbre, a mão amiga dos companheiros de Senado

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, assinou um ato que determina o aumento da permanência de filhos e enteados de senadores e ex-senadores nos planos de saúde até os 33 anos! Isso mesmo, os filhos terão direito a plano de saúde pago com dinheiro público até os 33 anos de idade!

A informação é da ong Change, que está correndo um abaixo-assinado pela internet, com vistas a acabar com este vergonhoso e imoral privilégio.

Esse privilégio já vale na Câmara dos Deputados desde 2016, e, agora, o Senado também se apoderou do “benefício”. Essa decisão passa a valer em 120 dias, contados a partir de 12/02/2020. Vale lembrar que os gastos com despesas médicas, ainda sem o ato de Alcolumbre, já chegaram a R$ 14 milhões, apenas no Senado.

Enquanto brasileiros sofrem aguardando exames, transplantes, cirurgias, consultas e remédios, políticos e até ex-políticos usufruem de diversos “benefícios” indecentes, incluindo os planos de saúde para si e para dependentes.

Busque na internet e assine o documento da Change. Compartilhe-0, também, para que se lute contra essa medida absurda. Chega de privilégios! (Fonte: Change – Foto: Reprodução)

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Visitadas

Topo