Economia

Aluguel cresce 4,3% em BH; m² sobe 2,9%

Publicado em

Relatório do portal imobiliário Imovelweb aponta que o preço médio do aluguel de um imóvel padrão (65m², dois quartos e uma vaga na garagem) é R﹩ 1.513/mês em Belo Horizonte. O valor apresenta um aumento de 0,9% em relação ao mês anterior e já acumula alta de 4,3% no ano. Em 12 meses, o incremento é de 9,3%.

Os bairros onde o preço de locação mais aumentou foram São Lucas (R 1.418/mês, +17,9%), São João Batista (R 1.181/mês, +19,1%) e Colégio Batista (R﹩1.300/mês, +19,8%). Por outro lado, as diminuições mais significativas ocorreram em Carlos Prates (R﹩1.547/mês, -19,1%), Dom Cabral (R﹩1.113/mês, -15,6%) e Nova Suissa (R﹩1.046/mês, -14,0%).

Locais onde o aluguel é mais barato e mais caro:

O Index também apresenta a variação de preços por região:

PREÇO DO M² SOBE 0,3% NO MÊS

O relatório do Imovelweb de agosto mostrou que o m² custa, em média, R﹩ 5.346 em Belo Horizonte. O valor apresentou um aumento de 0,3% no mês, 2,9% em 2021 e 3,6% em 12 meses. Assim, um imóvel padrão (65 m², dois quartos e uma vaga) na capital mineira custa R﹩ 347 mil.

Em 12 meses, os bairros onde o valor do m² mais diminuiu foram Cruzeiro (R$ 6.461/m², -14,2%), Jardim Leblon (R﹩3.496/m², -10,1%) e Barro Preto (R$ 5.210/m², -8,7%). Já as maiores altas ocorreram em Santa Efigênia (R﹩7.478/m², +20,5%), Savassi (R$ 10.060/m², +20,6%) e Universitário (R$ 4.101/m², +21,9%).

O bairro Santa Lúcia Oeste possui o m² mais caro de Belo Horizonte, enquanto o mais barato fica no bairro Flávio de Oliveira. Veja os detalhes na tabela:

Preço médio do m² por região:

RENTABILIDADE

O índice de rentabilidade imobiliária relaciona o preço de venda e valor de locação do imóvel para verificar o tempo necessário para recuperar o dinheiro utilizado na aquisição do imóvel. No relatório de agosto, o índice foi de 3,49% bruto anual. Dessa forma, são necessários 28,6 anos de aluguel para obter o valor investido no imóvel, 5,8% a menos que há um ano.

Por região:

(Fonte: Imovelweb – Foto: portograndeengenharia.com.br)

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Visitadas

Topo