Política

Câmara de T. Otôni derruba veto aos 40% de insalubridade

Publicado em
Prédio da Câmara de Teófilo Otôni

A Câmara Municipal de Teófilo Otôni-MG rejeitou, por 15 votos contra dois, o veto do prefeito Daniel Sucupira à lei nº 7479, de autoria do vereador Assis da Prefeitura, que concede adicional de insalubridade de 40% sobre o salário dos servidores da área da Saúde envolvidos com o tratamento de pacientes com Coronavírus.

Votaram contra o veto os 15 vereadores seguintes: Assis da Prefeitura, Cajaíba, Dedeu Baterias, Fábio Lemes, Felipe Barbosa, Gabriel Gusmão, Gilson Dentista, João Paulo, Melquisedeque, Northon Neiva, Paulinho de Dona Naná, Mila, Paulo Marreco, Taquim da Sucam e Vânia Resende. O presidednte da casa, vereador Filipe Costa, disse que votaria a favor da derrubada do veto, caso sua participação fosse viável.

Pela manutenção do veto, posicionaram-se os vereadores Marcinho da Serraria e Tina do PT.

Não compareceu com o voto o edil Raulino do Sindicato. (Fonte: Vereador Northon Neiva – Foto: Instagram da Câmara Municipal de Teófilo Otôni)

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Visitadas

Topo