Economia

Cempre: Minas tem o 2º lugar

Publicado em

Segundo o Cempre – Cadastro Central de Empresas –, em 2019, a nível nacional, 5,2 milhões de empresas e outras organizações formais ativas no ano de referência de 2019, ocuparam, em 31 de dezembro, 53,2 milhões de pessoas, sendo 46,2 milhões (86,8%) como assalariado e 7,0 milhões (13,2%) na condição de sócio ou proprietário. Os salários e outras remunerações pagos totalizaram R$ 1,8 trilhão. O salário médio mensal foi R$ 2.975,74, equivalente a 3,0 salários mínimos.

Havia, em Minas Gerais, 614.040 unidades locais ativas que ocuparam, em dezembro de 2019, 5,5 milhões de pessoas, sendo 4,7 milhões como assalariado e 776.581 na condição de sócio ou proprietário. Os salários e outras remunerações pagos totalizaram R$ 157.926,00, sendo que o salário mensal foi R$ 2.516,74, equivalente a 2,5 salários-mínimos. Desta forma, Minas Gerais manteve a segunda colocação no número de unidades locais (10,6%), pessoal ocupado total (10,4%), mas ficou com a terceira colocação em salários e outras remunerações (8,7%), em relação aos dados nacionais.

O Cempre reúne informações cadastrais e econômicas de empresas e outras organizações presentes no Território Nacional, inscritas no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica – CNPJ, da Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil e de suas respectivas unidades locais. A atualização do Cempre é realizada, anualmente, a partir das informações provenientes do IBGE e da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia. (Fonte: IBGE-Unidade Minas Gerais – Foto: Freepik)

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Visitadas

Topo