Saúde e Beleza

Covid-19 deve cair daqui a duas semanas

Publicado em

Minas Gerais registra, até o momento, 113.718 casos confirmados do Covid-19 e 2.461 óbitos. Para falar sobre a situação da doença no estado, bem como sobre novas projeções, o secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, e o secretário de Estado adjunto de Saúde, Marcelo Cabral, participaram de coletiva virtual, ontem, (27/07).

De acordo com Amaral, o acompanhamento diário da taxa de ocupação de leitos em Minas Gerais vem sinalizando que, de fato, o estado encontra-se na fase de platô. “Nos últimos dez dias, observa-se claramente que a ocupação de leitos mantém certa estabilidade. Mesmo as regiões que apresentavam taxa de ocupação maior, reduziram seu patamar, passando a indicar estabilidade. Esse dado é importante para nós, justamente por caracterizar o que chamamos de platô” – explica.

Projeções

De acordo com o secretário, as novas projeções apontam possibilidade de queda nos números da doença para daqui a duas semanas. “De forma geral, entendemos que esse platô deva durar até meados de agosto e, aí sim, começaremos a ver uma queda mais expressiva. Ressaltamos que há vários fatores associados, como de contaminação, climático, de mobilidade, de distanciamento, entre outros. Efetivamente, nós precisamos acompanhar toda a situação” – afirmou o secretário de Saúde.

Ocupação

Ainda de acordo com o Carlos Eduardo Amaral, o primeiro marcador que se tem no que se refere à avaliação da situação do Covid-19 em Minas é a taxa de ocupação. “A ocupação dos leitos é a primeira medida que nos chama atenção ao longo da evolução de um caso do Covid-19. Isso, porque uma pessoa contaminada apresentará sintomas por volta de três a cinco dias após o contato. Um possível agravamento, com necessidade de internação, pode ocorrer entre dez e 14 dias e, caso, lamentavelmente, haja a ocorrência de óbito, isso levará uma média de dez a 14 dias.

“Posteriormente, até que a notificação seja feita junto à SES, têm-se mais dez dias. Devido a essa sequência de eventos, os óbitos demoram um pouco mais para nos sinalizar algo concreto”- detalhou.

Até o momento, a taxa de ocupação dos leitos de UTI em Minas Gerais está em 67,34%. No que se refere aos leitos de enfermaria, esse número está em 57,51%. “Isso significa que ainda temos muitos leitos livres no estado. Do ponto de vista dos leitos de enfermaria, por exemplo, para dez leitos que nós abrimos, quatro estão disponíveis para uso, caso haja necessidade internação” – afirmou o secretário.

Saúde Digital MG – Covid19 é uma plataforma para auxiliar na autoavaliação de saúde com foco no coronavírus, oferecendo direcionamento para acesso à rede de Saúde do Estado. O aplicativo está disponível para download no Google Play (Android) e na App Store (iOS). (Fonte: Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais – Foto: Marcrelo Barbosa/Imprensa-MG)

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Visitadas

Topo