Editorial

CPI já tem resultado condenatório para encaminhar impeachment

Publicado em
Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, aguarda o resultado (?) de uma CPI de cartas marcadas

O Senado implantou, por imposição do ministro Luís Roberto Barroso, do STF, a Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI – do Covid-19.

Trata-se de um trabalho que deveria colher resultados críveis, que pudesse levar a uma melhoria na administração do país. Contudo, como certamente apresentará ao final de seu desenvolvimento, nenhuma contribuição vai gerar para o povo brasileiro.

Tal CPI, além de onerar os cofres públicos com os mais diversos custos, sequer necessitaria de prazo para ser realizada, porque o resultado já está carimbado.

Vejam bem: como acreditar na seriedade e honestidade de um movimento da lavra do senador Randolfe Rodrigues, imposta pelo ministro Barroso e relatada pelo senador Renan Calheiros? Como?

Nenhum dos três personagens merece o mínimo crédito. Randolfe, porque é comprometido com o Comunismo, adversário ferrenho do presidente Bolsonaro. Barroso, porque idem. Calheiros, porque tem muito medo da gestão Bolsonaro, já que está envolvido em diversos casos de corrupção.

Todos três têm muita “sede” em Bolsonaro. E todos os três farão de tudo para que a CPI chegue a um resultado condenatório da administração do presidente da República, abrindo caminho para seu impeachment.

O resultado final já está escrito…

(Foto: Senado Federal)

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Visitadas

Topo