Agro

Deputados deixam o Mucuri fora de apoio da lei ao queijo cabacinha do Jequitinhonha

Publicado em

Estabelecer diretrizes para as medidas de apoio aos produtores de queijo cabacinha. É o que prevê a Lei 24.094, cuja sanção do governador Romeu Zema foi publicada no Diário Oficial Minas Gerais de sexta-feira última (13/05/22).
A norma foi aprovada na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) no dia 20 de abril último.
O cabacinha é um tipo de queijo artesanal mineiro, de fabricação tradicional nas regiões do Jequitinhonha e do Mucuri, produzido a partir de leite cru. Ele se difere do queijo minas artesanal porque, como este, usa leite cru para formar a massa, mas, ao contrário do minas, sua massa passa por cozimento. Também, possui formato peculiar de cabaça.
A lei se estabelece como uma política de apoio aos produtores do queijo cabacinha da região do Vale do Jequitinhonha. A matéria determina que a demarcação da região produtora de queijo cabacinha será objeto de regulamento específico.
Além disso, inclui diretrizes para a implementação da política. Entre elas, a elaboração de estudos técnicos sobre o queijo cabacinha e publicação de regulamento técnico de identidade e qualidade desse produto artesanal e apoio às ações de saneamento do rebanho destinado ao fornecimento de matéria-prima para a fabricação. (Fonte: ALMG – Foto: Arquivo ALMG/Guilherme Dardanhan)

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Visitadas

Topo