Política

Dia da Consciência Branca e vitimização: Regina Duarte abre o jogo

Publicado em
Regina Duarte

A atriz Regina Duarte criticou, ontem (21/11/21), o Dia da Consciência Negra. A data foi comemorada no sábado (20). No Instagram, Regina questiona: “Quando teremos o ‘Dia da Consciência Branca’, Amarela, Parda…? Quanto tempo vamos ainda nos vitimizar ao peso de anos, de séculos de dor por culpas antepassadas?”

Prosseguindo, pergunta: “Quando vamos parar de olhar para trás e enfrentar o hoje, e nos olharmos com a coragem da cara limpa? Maduros, evoluídos, conscientes de nossa luta, irmanados em nossa capacidade, de sermos… humanos? Simplesmente irmãos?”

Aos 74 anos de idade, a atriz está agora sendo perseguida nas redes sociais por ter tido a coragem de assumir uma posição que reflete o pensamento de milhões de pessoas, inclusive negras, como Vanessa Silva e o ator norte-americano Morgan Freeman, também um negro, que classificou o “Dia da Consciência Negra” como “ridícula”.

Regina Duarte não apenas expressou verdades, mas retratou o que precisa ser trabalhado frente à invasão de imbecis que buscam colocar brancos e negros em conflito, com o objetivo único de servir à causa dos comunistas, ansiosos pela desagregação da sociedade brasileira e assunção do poder perdido no voto.

Não se trata de uma questão racial, mas simplesmente política! (Fotos: Jovem Pan)

Morgan Freeman
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Visitadas

Topo