Política

Dim Alemão reclama da falta de remédio para leishmaniose

Publicado em
DIM ALEMÃO

O pré-candidato a vereador por Teófilo Otôni Valter Gonderim de Souza, conhecido pela alcunha de “Dim Alemão”, procurou a redação do DIÁRIO do MUCURI para reclamar, em seu nome pessoal e nos de terceiros, da falta de remédio para a leishmaniose no municipio. Ele é portador da doença, e está encontrando dificuldades para efetuar o tratamento.
Em seu depoimento, o pedreiro e político afirma que foi atendido pelo SUS, na Policlínica de Teófilo Otôni. Acrescenta que foi bem atendido pela médica da instituição de Saúde, que constatou a presença da leshimaniose em suas costas, onde, há cinco meses, aparecera um caroço. No entanto, a profissional da Saúde informou lhe sobre a inexistência do remédio para a doença, e que ele teria que esperar para iniciar o tratamento. Segundo Dim Alemão, o remédio só viria a estar disponível na última quinta-feira (19/02/20)
O reclamante informa que está havendo um surto de leishmaniose em Teófilo Otôni, e que dezenas de pessoas terão, como ele, que esperar para inicar o tratamento, por falta do remédio.
QUEM É DIM ALEMÃO
Dim Alemão é pedreiro, ex-servidor da Prefeitura de Teófilo Otôni, e já disputou quatro eleições, sendo sempre muito bem, votado. Contudo, nunca conseguiu se eleger. Na última eleição, ficou a apenas 26 votos do 19º vereador eleito.
Tem 30 anos de serviços prestados à comunidade, em diversos bairros. Agora, coloca-se novamente em campo, sendo pré-candidato à Câmara Municipal. (Foto: Reprodução)

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Visitadas

Topo