Política

EDITORIAL – Isto É e Globo violentam consciência do povo

Publicado em
Fala do ex-vereador Northon Neiva, em Teófilo Otôni-MG

É incrível como a revista Isto É e os veículos da rede Globo não conseguem noticiar um fato originário do povo sem rotulá-lo como antidemocrático e bolsonarista. A todas as pessoas que estão reivindicando algo eles julgam serem erradas, e têm que ser adjetivadas de “bolsonaristas”. Com isso, transferem para o presidente da República Jair Bolsonaro a responsabilidade pelos atos que, para tais veículos de “imprensa”, são antidemocráticos.
Mas, o que está em questão não é ser ou não ser bolsonarista, não é se Bolsonaro presta ou não presta. O que precisa ser enfocado é a situação do país, hoje completamente esfarrapada por ações do STF e inércia dos políticos, com apoio da chamada grande imprensa.
Como falta Ética (com “É” maiúsculo) a tais personagens da cena da Comunicação para atuarem como noticiosos e formadores de opinião… Quem os lê, vê ou ouve, é sempre atropelado por uma enxurrada de palavras irresponsavelmente construídas com o objetivo de destruir o atual presidente da República. As reivindicações populares, estampadas no último dia 7 (setembro/21) em todo o Brasil, deixam de ser do povo para serem de Bolsonaro.
Então, a Isto É e a rede Globo estão certinhas em dimensionar os fatos sob sua ótica irresponsável, e o povo que vai às ruas reivindicar Democracia, Liberdade, está completamente errado. Para tais veículos, lutar por Democracia é um ato antidemocrático, lutar por liberdade é um ato antidemocrático, lutar pelo respeito à Constituição é um ato antidemocrático.
Para tais veículos, democráticas são as ações dos políticos acovardados, dependentes das canetas dos ministros do STF. Políticos que, como os ministros do STF, têm privilégios em cima de privilégios, contra uma Nação de pobres, dos quais grande parte vive abaixo da linha da pobreza. Democráticos são os vinhos importados e premiados consumidos nas mesas ornadas de dúzias de lagostas carnudas, soltas de suas carapaças para facilitar o banquete da casta (vale ver “Gargântua e Pantagruel”, de Rabelais). Democráticos são os jatinhos de passagens nacionais gratuitas, são os jatões de passagens internacionais de 1ª classe, quitadas com dinheiro dos impostos pagos pelos cidadãos de 2ª classe ou de classe nenhuma. Democráticas são as benesses concedidas aos filhos e esposas dos ministros e dos políticos, enquanto os cidadãos da classe sem classe vasculham as latas de lixo à cata de restos de comida e de latinhas de alumínio. Democráticos são os carrões oficiais comprados com dinheiro do povo miserável, com combustível, chauffeur e manutenção por conta dos impostos do povão ignaro. Democráticos são todas as outras indecentes e inumeráveis benesses criadas pelos políticos para seu gozo, bem como dos membros do Judiciário como um todo.
Os jornalistas da Isto É e da Globo não agem como jornalistas, mas como sectários e ideólogos de uma pregação que destrói os tecidos da sociedade, na busca do caos nacional. Fazem lembrar Sergei Tchakhotine em “Le viol de foule par la propagande politique”.
Então, democrático é o establishment. Antidemocrático é tudo que parta do povo… (Foto: Redes Sociais)

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Visitadas

Topo