Editorial

EDITORIAL – Porta dos Fundos vai responder por agressão ao Cristianismo?

Publicado em
Do atentado físico, ao moral

Identificado um dos participantes do atentado à sede do Porta dos Fundos, a sociedade espera, agora, que a Polícia consiga trazê-lo de Moscou (Rússia), para onde fugiu, e seja submetido aos trâmites legais. O atentado fere os princípios democráticos e de Direito, e deve ser submetido à apreciação da Justiça.

Crime maior, no entanto, praticou a vítima do atentado físico, quando investiu com desrespeito total ao Cristianismo, ferindo violentamente os princípios de quem acredita em Deus. O crime moral dos membros do Porta dos Fundos ultrapassa as fronteiras do bom senso e do respeito. Não é por serem ateus que eles têm direito a investidas contra a maior parte da população brasileira, praticando um terrorismo muito mais pesado do que o contra eles praticado.

Os participantes do Porta dos Fundos atingiram a medula do Cristianismo, quando colocaram Jesus como um deles, um pederasta assumido. Não é pelo fato de a lei brasileira defender o homossexualismo, que o Cristianismo vá aceitar a pederastia.

Os agressores da sede do Porta dos Fundos causaram danos materiais de pequena monta. Os agressores de Jesus provocaram danos profundos, escudados na liberdade de expressão. Mas liberdade de expressão não é isso. Esses humoristas, ainda que fossem de categoria superior, não teriam o direito à expressão de seus instintos sexuais sobre uma crença tão arraigada e forte como o Cristianismo. Com a ação perpetrada no seu infame filme, demonstraram que são pequenos demais até mesmo para o canal de televisão que demitiu um deles por falta de audiência, tão fraco é em seus propósitos de humorista. Serve mesmo, tão somente, para fazer anúncio de uma empresa vendedora de sinal de TV ligada a um grupo que procede como ele. O Porta dos Fundos precisa ser responsabilizado pelo estúpido atentado contra a população brasileira, ainda que a nossa democracia possa ser escrita com “d” minúsculo. (Foto: Fotos Públicas)

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Visitadas

Topo