Cidade e Região

Intenção de Consumo no Natal em Teófilo Otôni

Publicado em

O Sindcomércio Teófilo Otôni, em parceria com a área de Estudos Econômicos da Fecomércio MG, realizou pesquisa com o objetivo de captar a percepção, as estratégias e as tendências a serem adotadas pelos empresários do município, com vistas a aproveitar o ambiente de negócios gerado pela melhor data para o comércio varejista no ano: o Natal. Participaram dos levantamentos Bárbara Guimarães Torres de Souza, Letícia de Paula Marrara, Bruno Alisson Batista Gomes, Filipe do Nascimento Souza, Joyce do Nascimento Silva, Bruno Scapellato, Ádina Ferreira de Souza, Jéssica Rafaella Sena Rodrigues e Karoline Pereira Barbosa.

O Natal é destaque pela força de vendas e pelos efeitos multiplicadores em diversas cadeias de produtos e serviços. A decoração natalina contribui para dar clima emocional à data, comemorada por meio de troca de presentes.

O cenário econômico e a dinâmica de mercado atual tornam imperativo entender o comportamento do consumidor, haja vista a proliferação e comoditização de produtos, distribuídos em lojas físicas, de rua e shoppings, além de lojas virtuais. Assim sendo, o consumidor é estimulado por uma ampla oferta de itens, formatos e canais de varejo. Muitas opções o levam a exigir mais qualidade de produtos e prestação de serviço diferenciada, a preços acessíveis.

FAMILIARES E PRODUTOS

Em 2019, 33,5% dos consumidores pretendem presentear no Natal. Os familiares serão os que mais deverão receber presentes (75,3%); 16,1% ainda não sabem ou não souberam responder a quem presenteariam.

Os produtos mais procurados para os presentes de Natal deste ano serão roupas (45,2%), brinquedos (24,7%) e itens de perfumaria (16,1%). O gasto com os presentes não ultrapassará o valor de R$200,00 para 49,2% dos consumidores. A forma de pagamento mais utilizada será à vista no dinheiro, de acordo com 66,7% dos entrevistados.

A injeção do 13o salário acresce a renda de 47,3% dos consumidores de Teófilo Otôni para o período de fim de ano. Em 38,7% dos casos, o consumidor irá aplicar o dinheiro; 21,9% destinarão a renda à quitação de dívidas, e 14,2% irão gastá-la em férias.

PERFIL DAS COMPRAS

A compra de presentes na primeira quinzena do mês de dezembro foi a opção de 46,2% dos consumidores. Outros 39,7% irão às compras nesta segunda quinzena de dezembro (às vésperas da data).

Lojas de rua/hipercentro serão o local mais acionado para as compras de Natal para mais de 77% dos consumidores. Para a escolha do local de compras, os consumidores estão à procura de preço (50,0%) e diversidade de produtos (21,2%). Muitos pretendem ir às compras no sábado (35,8%).

O método utilizado pela pesquisa para a seleção das lojas foi definido com base no cadastro da área de Estudos Econômicos do Sistema Fecomércio MG. Foram entrevistadas 283 pessoas, no período de 6 a 11 de dezembro de 2019. O intervalo de confiança da amostra foi de 90% e a margem de erro de 5,0 pontos percentuais. (Fonte: Sindcomércio Teófilo Otôni/Guilherme Lucas Moreira Dias Almeida – Foto: Reprodução)

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Visitadas

Topo