Política

Nomes citados para prefeito de Teófilo Otôni

Publicado em

Dentro de nove meses, todo o país estará elegendo novos prefeitos e vereadores. A citação de nomes de candidatos ao Legislativo é mais demorada, mas, para prefeito, as cidades já se movimentam, com os preferidos e os rejeitados sendo lembrados em cada roda de conversas.

Em Teófilo Otôni (MG), a situação não é diferente. A maioria da população (entre homens e mulheres), fala sobre esse ou aquele político que possa merecer, ou não, o seu voto. Até o presente momento, foram citados os seguintes (em ordem alfabética): Bruno Ballarini, Daniel Sucupira, Edson Soares, Eduardo Tomich, Filipe Costa, Jefferson Botelho, Jorge Arcanjo, Leonardo Godinho, Paulo Henrique Coimbra, Samir Sagih El Aouar e Thales Contão.

São 11 nomes ao todo, até agora. Se, na realidade, todos disputarem a Prefeitura, a vitória do atual prefeito, Daniel Sucupira, estará caminhando para se garantir, pois os votos do PT são cativos e suficientes para sustentá-lo no comando da cidade.

Veja, a seguir, quem são os nomes citados:

BRUNO BALLARINI é ex-secretário municipal da administração petista (Maria José) e emedebista (Getúlio Neiva). Seu pai é ex-prefeito de Pavão, e, ali, tem um irmão como atual prefeito. Tem um tio que comandou o municipío de Novo Oriente de Minas.

DANIEL SUCUPIRA foi vereador por um mandato, elegendo-se prefeito na eleição seguinte para o atual mandato. Seu desempenho está sendo avaliado pela população.

EDSON SOARES foi deputado federal e prefeito de Teófilo Otôni por mais de um mandato. Ao finalizar seu último período administrativo, deixou uma marca negativa no seio da população, ao transformar a Praça de Tiradentes em depósito de lixo e ao empregar parentes na Prefeitura.

EDUARDO TOMICH foi candidato a prefeito de Teófilo Otôni pela ARENA. Venceu em quantidade de votos, mas perdeu a eleição para Getúlio Neiva, no somatório da legenda e das sub-legendas peemedebistas. Depois, foi prefeito de Pedra Azul e voltou a disputar a Prefeitura de Teófilo Otôni, quando obteve votação pequena.

FILIPE COSTA é advogado. Vereador, é o atual presidente da Câmara de Municipal de Teófilo Otôni. Jovem e destemido, faz oposição a Daniel Sucupira, tornando-se opção entre os descontentes com a atual administração municipal.

JEFFERSON BOTELHO foi delegado de Polícia Civil. É professor universitário de Direito. Apesar de ter o nome citado com constância, já garantiu que não será candidato.

JORGE ARCANJO é ex-assessor regional do governo Fernando Pimentel. Foi candidato a deputado estadual na última eleição, não conseguindo se eleger.

LEONARDO GODINHO é presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Teófilo Otôni. Segundo citações, é a aposta dos ruralistas e dos empresários do Comércio numa administração diferenciada e competente.

PAULO HENRIQUE COIMBRA administrou o Consórcio de Saúde que reúne os municípoios da região. Segundo comentários, foi um trabalho de sucesso. Candidatou-se a prefeito de Teófilo Otôni na última eleição, obtendo votação expressiva que o credencia a uma nova disputa.

SAMIR SAGIH EL AOUAR é médico com largo prestígio entre a população de Teófilo Itrôni, especialmente entre as mulheres, pelo trabalho clínico e cirúrgico que presta ao sexo feminino. Foi prefeito de Teófilo Otôni e se elegeu vereador. Contudo, por questões legais, perdeu o mandato que exerceria até o final de 2020.

THALLES CONTÃO é ex-vereador pelo PT. Foi expulso do partido ao assumir uma Secretaria Municipal na gestão Getúlio Neiva, do então PMDB. Seu público era a juventude, que, ao subir de faixa etária, teria migrado para outros candidatos. (Foto: Reprodução)

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Visitadas

Topo