Política

“Onde tem Sucupira, tem… fraude” – diz vereador

Publicado em
Prefeito de Teófilo Otôni, Daniel Sucupira

“Onde tem Sucupira, tem… fraude!”

Com esta frase, o vereador Gabriel Gusmão, de Teófilo Otôni-MG, encerra um vídeo postado hoje (22/10/21) nas redes sociais, falando a respeito da anulação da eleição para a direção da Frente Mineira de Prefeitos, na qual Daniel Sucupira, prefeito de Teófilo Otôni, foi conduzido ao cargo de vice-presidente da entidade. No mesmo pleito, o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, foi eleito presidente.

Hoje, Gabriel Gusmão informou que a eleição foi anulada: “Vocês se lembram quando a gente comentou sobre a eleição da Frente Mineira de Prefeitos, que estava sendo articulada pelo prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, e o prefeito de Teófilo Otôni, Daniel Sucupira, que a gente falou que existia um indício de irregularidades, denunciadas por um dos prefeitos, membro da própria instituição, o Dr. Marcos Vinícius, prefeito de Coronel Fabriciano. Pois é, a eleição aconteceu, eles se intitularam donos da instituição, convocaram uma reunião. E aí, agora após a ação movida pelo Dr. Marcos Vinícius, o Tribunal de Justiça resolveu anular a eleição da Frente Mineira de Prefeitos. É aquela história: surpresa zero. Como nós já falamos: onde tem Sucupira, tem… fraude!”

Mais um arranjo do PT desmontado.

Veja, a seguir, a decisão do TJ, na íntegra.

(Fonte: TJMG – Foto: Instagram)

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Visitadas

Topo