Economia

Pandemia muda estratégias dos pequenos negócios

Publicado em

É crescente o número de empreendedores de Minas Gerais que estão decidindo mudar a linha de produtos e serviços ou o modelo de negócios para expandir as vendas. Entre os empresários que afirmaram ter aumentado o faturamento em julho, 19% dizem ter apostado nessas estratégias, contra 9% no último mês. É o que mostra o levantamento realizado pelo Sebrae com 589 empreendedores do estado (microempreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte), entre os dias 27 e 30 de julho.

Concluiu-se que os empresários têm feito grandes esforços para se manter no mercado, buscando entender o novo comportamento do consumidor e atuando mais no ambiente digital.

Mesmo apostando mais nos canais on-line, nos serviços de entrega em domicílio e até na mudança mais profunda de seus modelos de atuação, a maioria dos pequenos negócios mineiros (82%) registrou queda de 59% no faturamento no último mês.

O levantamento mostra, ainda, que os pequenos negócios continuaram aderindo às vendas on-line em julho (32%), mas num ritmo menos intenso em relação a junho (43%).

A leve recuperação de 10 pontos percentuais no volume de vendas em relação a junho pode ter favorecido a manutenção de empregos no setor, já que o percentual de empresários que afirmou ter demitido nos últimos 30 dias manteve-se estável em 11%. (Fonte: Sebrae – Foto: Na Prática/Reprodução)

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Visitadas

Topo