Cidade e Região

Redução nas faturas da Copasa é brincadeira?

Publicado em
Redução de custos anunciada pela Arsae-MG pode ser uma desvantagem para o consumidor

Decisão da Arsae-MG: benesse ou brincadeira de mau gosto?

Anúncio é da Arsae-MG informa que uma redução de até 15% no valor das faturas deverá acontecer a partir de 1º agosto (2021) para mais de 80% da população que possui algum serviço de tratamento de esgoto em Minas Gerais. Os consumidores de água e esgoto da Copasa terão, em média, redução de 1,52% na conta, além da unificação geral da tarifa para o serviço de esgoto.

A redução no valor final da conta, no entanto, dependerá do volume consumido, do tipo de cliente (residencial, social, comercial, industrial e público) e do tipo de tratamento de esgoto utilizado. Na prática, um usuário residencial com água, coleta e tratamento de esgoto que consome até 5m³, por exemplo, deixa de pagar uma conta de R$ 36,04 e passa a pagar R$ 30,64, uma redução de 14,98%. O difícil vai ser encontrar quem consuma apenas os 5m³.

ESGOTO

A Arsae-MG extinguiu a tarifa de tratamento de esgoto e definiu uma única tarifa para o serviço, seja ele coleta ou tratamento. Essa nova tarifa representa o valor de 74% da tarifa de água, bem inferior aos 100% atuais para quem tem o esgoto tratado.

A unificação, com suas condicionantes, no entanto, pode, ao invés de vantagem, tornar-se desvantagem para o consumidor. É ver, para saber da realidade. (Fonte: Arsae-MG – Foto: Freepik)

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Visitadas

Topo