Cultura

Reforma Protestante completa 504 anos

Publicado em
Martinho Lutero

Nesse domingo, dia 31 (10/21), completar-se-ão 504 anos do início da Reforma Protestante. No mesmo dia, em 1517, um monge alemão chamado Martinho Lutero publicou uma lista de queixas contra a Igreja Católica. Ele pregou a lista – que mais tarde veio a ser chamada de 95 Teses – na porta da capela da Universidade de Wittenberg, e isso deu início a um movimento. Toda a Europa, e eventualmente o mundo inteiro, sentiria os efeitos do ato.

Tratava-se de uma ação revolucionária de um monge solitário levantando-se contra os poderes constituídos para clamar por “uma reforma e a verdade”.

Lutero traduziu o Novo Testamento para o alemão, pelo que as pessoas não precisavam mais depender daqueles que liam em latim para traduzir para elas. Elas podiam ler por si mesmas.

A igreja católica sofria por anos de corrupção. Martinho Lutero uniu as pessoas em busca de mudanças. Ele sofrera influências do papa Leão X, Johann Tetzel, o príncipe Frederico e Catarina de Bora. Todas essas pessoas desempenharam papéis importantes na vida de Lutero e na Reforma Protestante.

As questões que dominaram a Reforma foram: as indulgências, o purgatório, o poder do papa e as cinco Solas – Sola fide (somente a fé), Sola scriptura (somente a Escritura), Solus Christus (somente Cristo), Sola gratia (somente a graça) e Soli Deo gloria (glória somente a Deus).  (Fontes: Pão Diário/Ashley Ashcraft e Wikipédia – Foto: Pinterest)

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Visitadas

Topo