Cidade e Região

Serviços de água e esgoto são fiscalizados em Felisburgo

Publicado em

A Copanor terá que adequar os sistemas de abastecimento de água e de esgotamento sanitário em Felisburgo, de acordo com relatórios de fiscalização da prestação dos serviços liberados pela Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário de Minas Gerais (Arsae-MG). A publicação foi feita no último dia 22(05/20), e a fiscalização teve em vistas avaliar os serviços e responder aos questionamentos relacionados no Ofício nº 112/2019 da Câmara Municipal de Felisburgo, no que tange à efetividade e qualidade dos serviços.

Os relatórios foram elaborados após inspeção técnica em campo entre os dias 17 e 19 de março último, além de análises de informações recebidas.

São apontados pela Arsae-MG como destaques positivos no serviço de abastecimento de água 100% de cobertura de rede de distribuição de água e a perfuração de poços como fonte alternativa de captação para evitar desabastecimentos nos períodos de estiagem. Porém, os poços estão em área particular e pendentes de regularização para fazer a interligação ao sistema de tratamento.

Como ponto de atenção, destaca-se que a Copanor não cumpriu o plano de amostragem na saída do tratamento e o plano de amostragem semestral das substâncias que representam risco para a saúde humana.

Quanto ao serviço de esgotamento sanitário, é realizada apenas a coleta e o afastamento. O sistema de tratamento por meio de lagoas, que era operado pela prefeitura, foi abandoando e a nova estação de tratamento de esgotos não foi instalada. Além disso, faz-se necessário atualizar o cadastro de rede e rever a área onde o serviço é efetivamente prestado e comparar com o cadastro comercial, a fim de verificar se há cobranças indevidas, e regularizar. (Fonte: Arsae-MG – Foto: Copasa/Reprodução)

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Visitadas

Topo