Cidade e Região

Vereadores de Teófilo Otôni comem R$ 20.670,09 só de lanche

Publicado em
Câmara Municipal, onde mais se come lanche em Teófilo Otôni e os veículos da casa não param de rodar

Gargântua e Pantagruel comiam menos

Denúncias chegadas ao DIÁRIO do MUCURI dão conta de que a Câmara Municipal vem gastando excessivamente com lanches para vereadores e servidores da Câmara Municipal. As mesmas denúncias lembram o corte do lanche dos pacientes de tratamento de hemodiálise no Hospital Philadélfia, já que o diretor administrativo deste nosocômio, vereador Fábio Lemes, é também presidente da casa legislativa.
Os denunciantes falam em insensibilidade do administrador/parlamentar, já que “para os pacientes pobres e miseráveis o lanche é cortado, mas para seus aliados políticos há o bom trato, e eles jamais morrerão de fome”.
Em abril, a Câmara pagou R$ 20.670,28 só de lanches (Vide documentos comprobatórios no final da matéria).
Então, cidadão, você está satisfeito com isso? Uma cidade pobre banca salários abusivos a seus vereadores, e ainda os alimenta a fartar. Parece que os edis sequer têm comida em casa; ou, então, vão terminar seus mandatos necessitando de cirurgia bariátrica. Como comem esses os parlamentares municipais de Teófilo Otôni. Talvez mais, muito mais que Gargântua e Pantagruel (foto) de Rabelais.

GASOLINA
Também causa espanto o alto consumo de gasolina pelos veículos da Câmara Municipal (uma moto e um carro de passeio).
Em abril, foram pagos R$ 7.161,09 a um posto de combustíveis da cidade pelo consumo dos dois veículos.
A turma da Câmara Municipal gosta mesmo de rodar. E tome despesa em cima o dinheiro do pobre povo…

(Fonte: Cidadãos de bem preocupados com a administração da coisa pública em Teófilo Otôni – Foto: lesoir.be)

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Visitadas

Topo